Teses, Dissertações e Monografias

Acesse a listagem abaixo para conhecer algumas das teses, dissertações e monografias desenvolvidas pelos alunos de pós-graduação do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica.

A consulta também pode ser feita na biblioteca de Engenharia Civil pelos telefones (11) 3091-5204 e 3091-9023, fax (11) 3091-5125 ou pelo e-mail biblioteca.civil@poli.usp.br.

Para saber o horário e o local das próximas qualificações e defesas, acesse o site Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – PPGEC. e do ConstruINOVA - Mestrado Profissional em Inovação na Construção Civil.

Para conhecer as diretrizes de elaboração de teses e dissertações clique no link ou acesse o site da Biblioteca Digital.

Importante: a consulta aos arquivos das teses e dissertações fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:

Este trabalho é para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar o nome da pessoa autora do trabalho.

Buscar teses, dissertações e monografias
  • Contribuicao ao estudo das propriedades mecanicas dos concretos de alta resistencia com e sem adicoes de microssilica PDF
    • Aluno: Denise Carpena Coitinho Dal Molin
    • Orientador: Paulo Jose Melaragno Monteiro
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 1995

    Nesta pesquisa, estuda-se os efeitos do aumento da resistencia do concreto nas suas propriedades mecanicas, mais especificamente, na resistencia a compressao, resistencia a tracao na flexao, resistencia a tracao por compressao diametral, modulo de deformacao e coeficiente de poisson. Paralelamente, verifica-se de que forma adicoes de microssilica ou curas deficientes podem afetar estas propriedades mecanicas. Em conjunto com os ensaios de laboratorio normalmente executados, realiza-se uma investigacao da microestrutura utilizando-se microscopio eletronico de varredura para o melhor entendimento do seu comportamento mecanico. Por fim, sao propostas novas equacoes para estimar a resistencia a compressao a partir dos parametros estudados (a/c, microssilica, cura e idade) e as relacoes entre resistencia a tracao e modulo de deformacao com a resistencia a compressao, levando em consideracao os efeitos positivos da microssilica e os negativos causados pela cura em ambiente de laboratorio. Como contribuicao adicional, apresenta-se e testa-se uma metodologia que permite planejar experimentos semelhantes ao desenvolvido neste estudo, de forma fracionada, para que, com um numero consideravelmente reduzido de ensaios, seja possivel chegar as mesmas conclusoes com confiabilidade estatistica.

  • Influencia da fracao carbonatica da cal hidratada no desempenho de revestimentos em argamassas inorganicas PDF
    • Aluno: Neyla Maneschy Siqueira
    • Orientador: Maria Alba Cincotto
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 1995

    A composicao quimica da cal hidratada para argamassas foi modificada com a elevacao da fracao carbonatica residual de 11 para 34%, o que, quando e expressa em teor de anidrido carbonico, corresponde a uma elevacao de 5 para 15%. Como forma de avaliacao da influencia desta modificacao no desempenho de revestimentos em argamassas inorganicas foram realizados diversos experimentos com amostras de cal hidratada de dois produtores, com teores de anidrido carbonico de 5, 10 e 15%. Em argamassas foram determinados: massa especifica, consistencia, teor de ar aprisionado, resistencia a compressao axial, retracao e absorcao de agua capilar. No revestimento aplicado foi observada a fissuracao e determinada a permeabilidade a agua, a resistencia superficial e a resistencia de aderencia. Estes ensaios foram realizados em revestimentos curados ao ar e submetidos a choque termico. Os resultados obtidos indicam que a fracao carbonatica residual melhorou a plasticidade a retencao de agua e provocou um aumento da massa unitaria da cal hidratada. Em revestimentos de cimento:cal:areia, 1:2:9, em volume, nao foi possivel observar alteracoes significativas. Contudo, tal fracao carbonatica, pode alterar as propriedades do reboco de cal:areia, 1:3, em volume.

  • Concepção arquitetônica da habitação em madeira PDF
    • Aluno: Rosa Maria Bittencourt
    • Orientador: Joao Cesar Hellmeister
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 1995

    O trabalho propõe uma metodologia para a condução da concepção de edificações em madeira, a partir do reconhecimento de que um sistema construtivo em madeira requer uma nova prática arquitetônica de projeto. Na primeira parte, e analisada a madeira na construção civil, enfocando os aspectos relativos a madeira e engenharia, a formação dos profissionais da área de madeira, os sistemas construtivos e os derivados da madeira. Os principais preconizados para a concepção e execução e a análise destes em diferentes condições, possibilitando repensar estas edificações, subsidiam a identificação das premissas para o método de projeto de habitações em madeira. Conclui-se pela importância da divulgação da tecnologia dos sistemas construtivos em madeira, principalmente na adoção de uma nova prática arquitetônica, visando o desenvolvimento tecnológico nacional da área madeira-construção.

  • Contribuicao para a analise da eficiencia de peliculas aplicadas sobre estruturas de concreto armado com o objetivo de protecao contra a carbonatacao PDF
    • Aluno: Claudio de Souza Kazmierczak
    • Orientador: Paulo Roberto do Lago Helene
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 1995

    Muitas estruturas de concreto armado vem apresentando serios problemas de durabilidade. Grande parte deles ocorre apos a despassivacao das armaduras, devido a carbonatacao a que naturalmente as estruturas estao sujeitas. Recentemente, o meio tecnico comecou a utilizar sistemas de protecao superficial (tintas e vernizes), com o objetivo de conferir uma protecao complementar as estruturas. Entretanto, a selecao do produto mais adequado para cada tipo de estrutura e respectivas caracteristicas de exposicao vem sendo realizada de modo empirico, devido a pequena quantidade de metodos de ensaio disponiveis para essa selecao. Neste trabalho e desenvolvida uma metodologia para a avaliacao da eficiencia de peliculas que sao aplicadas sobre estruturas de concreto com o objetivo de protege-lo contra a carbonatacao. O ensaio e realizado com gas carbonico puro, controlando-se a carbonatacao em corpos-de-prova de argamassa protegidos pelos sistemas analisados. A metodologia foi utilizada para a avaliacao do desempenho de diversos vernizes comerciais, podendo-se concluir que ela e um instrumento eficiente para a avaliacao da permeabilidade ao gas carbonico em sistemas de protecao superficial de estruturas de concreto.

  • Efeitos de misturas binarias e ternarias de pozolanas em concreto de elevado desempenho PDF
    • Aluno: Geraldo Cechella Isaia
    • Orientador: Paulo Roberto do Lago Helene
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 1995

    Esta investigacao tem como proposito estudar os efeitos da adicao de teores normais e elevados de cinza volante (vc), cinza de casca de arroz (cca) e microssilica (ms), em misturas binarias ou ternarias de cinza volante com as duas ultimas pozolanas, com a perspectiva de verificar suas influencias sobre a durabilidade do concreto de elevado desempenho (ced), em especial sobre a despassivacao e consequente possibilidade de corrosao da armadura. Sao enfocadas algumas variaveis que influem sobre a durabilidade do ced como a resistencia a compressao, o modulo de elasticidade, a retracao, o calor de hidratacao, a penetracao de cloretos, o teor de cloretos incorporados, a relacao ionica entre cloretos e hidroxilas, a penetracao de agua, alem de ensaio preliminar sobre carbonatacao acelerada. Os resultados nao sao analisados de modo segmentado mas sob otica integrada (holistica), privilegiando os processos interativos que ocorrem na hidratacao das pastas cimentantes, em especial das misturas ternarias de cinza volante com cinza de casca de arroz e microssilica, bem como o modo e intensidade com que as pozolanas participam e influem sobre o desempenho das propriedades de engenharia que condicionam a protecao da armadura.


Anterior Próximo