Teses, Dissertações e Monografias

Acesse a listagem abaixo para conhecer algumas das teses, dissertações e monografias desenvolvidas pelos alunos de pós-graduação do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica.

A consulta também pode ser feita na biblioteca de Engenharia Civil pelos telefones (11) 3091-5204 e 3091-9023, fax (11) 3091-5125 ou pelo e-mail biblioteca.civil@poli.usp.br.

Para saber o horário e o local das próximas qualificações e defesas, acesse o site Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – PPGEC. e do ConstruINOVA - Mestrado Profissional em Inovação na Construção Civil.

Para conhecer as diretrizes de elaboração de teses e dissertações clique no link ou acesse o site da Biblioteca Digital.

Importante: a consulta aos arquivos das teses e dissertações fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:

Este trabalho é para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar o nome da pessoa autora do trabalho.

Buscar teses, dissertações e monografias
  • Análise de estruturas acabadas PDF
    • Aluno: Ruy Alberto Cremonini
    • Orientador: Paulo Roberto do Lago Helene
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 1994

    A introdução da segurança no projeto de estruturas de concreto esta baseada, atualmente, na adoção de coeficientes parciais de ponderação, que majoram as ações e minoram as resistências do concreto e aço. Este coeficiente, no caso do concreto, tem como valor mais comum 1,4, estando estabelecido, principalmente, em função da diferença entre a resistência do concreto obtida em corpos-de-prova padrão (resistência potencial), e a resistência do concreto efetivamente existente nos componentes estruturais (resistência efetiva). O principal objetivo desta tese e estudar e quantificar a diferença existente entre estas resistências, fornecendo subsídios para a normalizacao relacionada ao dimensionamento e segurança de estruturas de concreto. O estudo foi desenvolvido a partir da moldagem e ruptura de corpos-de-prova de concreto comparando-os com testemunhos extraídos de estruturas acabadas. Foram realizados ensaios em 12 obras, totalizando, aproximadamente 400 corpos-de-prova e testemunhos. Os resultados finais indicaram que a diferença entre a resistência potencial e efetiva do concreto pode ser menor que a normalmente adotada nas normas de projeto de estruturas de concreto de diversos paises.

  • Contribuicao ao estudo dos aditivos superfluidificantes utilizados em concreto fluido PDF
    • Aluno: Roberta de Andrade Rodrigues Alves
    • Orientador: Paulo Roberto do Lago Helene
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 1994

    Esta dissertacao tem como proposito caracterizar e avaliar experimentalmente o efeito de aditivos superfluidificantes em pastas e especialmente em concretos de cimento portland, sendo os aditivos utilizados como agentes para aumentar a fluidez das misturas frescas. Sao discutidos alguns aspectos relevantes com relacao aos aditivos superfluidificantes e ao concreto fluido. Focaliza-se principalmente, as controversias para a caracterizacao desse tipo de concreto e os metodos geralmente adotados com essa finalidade. Propoe-se o estudo de um novo metodo destinado a avaliacao da fluidez, recentemente apresentado em evento promovido pela rilem, na escocia. Sao feitas algumas consideracoes, quanto as modificacoes nos metodos existentes, e e realizado tambem, estudo auxiliar em pastas, com relacao ao efeito fluidificante dos aditivos. Os resultados obtidos na parte experimental desta pesquisa sao analisados enfocando-se como os superfluidificantes alteram as propriedades do concreto, destacando-se a influencia desses produtos na perda da trabalhabilidade no decorrer do tempo. Sao discutidas algumas alternativas adotadas para a conservacao da fluidez, como aspectos referentes ao teor e ao aditivo utilizado, em ao traco da mistura. E a seguir faz-se uma analise comparativa dos varios metodos de ensaio estudados.

  • Avaliação Durante Operacao (ADO) PDF
    • Aluno: Guilherme Gomes de Almeida
    • Orientador: Orestes Marracini Goncalves
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 1994

    Este trabalho propoe uma metodologia de avaliacao, diagnostico e recuperacao de sistemas prediais. A avaliacao dos sistemas prediais apresentada visa a obtencao do conhecimento de sua natureza, proporcoes, funcoes e relacoes com o edificio e seus usuarios, atraves do exame de suas partes e sua integracao com o todo. O diagnostico apresenta-se como o conjunto de dados em que se baseou o conhecimento ou a determinacao da deficiencia do sistema estudado. A recuperacao e proposta dentro de uma analise de prioridades e custos de implantacao. O desenvolvimento do trabalho faz consideracoes relativas a implantacao do conceito da qualidade na concepcao de sistemas prediais, apresenta o atual estado da arte com enfase para a questao de desempenho e da aplicacao de metodologias de avaliacao existentes e formula modelo de aplicacao para os sistemas prediais. E apresentada de forma resumida a aplicacao da metodologia em tres casos distintos e reais, com comentarios e sugestoes para sua utilizacao no aprimoramento do desempenho dos sistemas prediais.

  • Telhados com estrutura de aco PDF
    • Aluno: Marcela Paula Maria Zanin Meneguetti
    • Orientador: Sergio Ferraz Gontijo de Carvalho
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 1994

    Os telhados constituem uma tecnica milenar. No decorrer da historia os materiais modificaram-se, bem como, as estruturas de sustentacao. Todavia, os problemas com as barreiras contra a umidade e o calor persistem: a agua permeia pelo telhado provocando danos e comprometendo a durabilidade da construcao e o gradiente termico penaliza o usuario. O rastreamento historico permite constatar que os fatores que influenciam a escolha da forma dos telhados sao constantes no tempo: firmitas, utilitas, venustas (solidez, funcionalidade e beleza). Descreve-se os materiais, os produtos e as tecnicas comumente empregadas nos telhados ceramicos, de fibrocimento e de aco galvanizado e conclui-se pela necessidade de revisao das normas tecnicas referentes aos dois primeiros materiais e a criacao de normas brasileiras para telhas de aco. Estuda-se a interacao telha-estrutura e analisa-se a influencia das propriedades fisicas das telhas na definicao do arranjo estrutural. Este trabalho consiste em um diagnostico dos pontos cujas carencias de literatura tecnica expressa que: os telhados ainda constituem a parte mais vulneravel da edificacao, contudo pouco se detalha sobre o tema.

  • Escoria de alto forno PDF
    • Aluno: Joao Carlos Marques
    • Orientador: Carlos Eduardo de Siqueira Tango
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 1994

    Diversos trabalhos abordam a funcao aglomerante da escoria quando misturada a substancias ativadoras (cal, soda, gipsita), sendo notavel a contribuicao das publicacoes a respeito da escoria como adicao ao cimento portland. Pode-se dizer que o cimento e um caso particular de ativador da escoria. Verificaram-se entao as influencias da finura e da porcentagem de adicao de escoria em cimentos, na resistencia de argamassas e concretos. Foram preparadas misturas de cimento composto (cp ii-f-32), cimento ari com teores de escoria de 35%, 50%, 65% e 80% e finuras blaine de 400, 600 e 800 metros quadrados/kg. Nas argamassas determinou-se a resistencia a compressao axial e nos concretos, a resistencia a compressao axial, a permeabilidade a agua, o modulo de deformacao longitudinal e a velocidade de propagacao ultrasonica. Observou-se que para uma mesma finura blaine e mesmo teor de escoria a mistura com cimento cp ii-f-32, apresentou, sempre independente do consumo ou da idade um ganho de resistencia (67% em 90 dias), em relacao ao cimento sem adicao. Enquanto que a mistura de escoria com cimento ari, teve o maior ganho de resistencia com relacao ao concreto sem escoria, de 26% aos 90 dias; com o cimento ari esse ganho foi negativo, apenas aos 7 dias. Confirmou-se assim a potencialidade do uso da escoria em teores bastante promissores com economia de cimento de ate 65%


Anterior Próximo