Teses, Dissertações e Monografias

Acesse a listagem abaixo para conhecer algumas das teses, dissertações e monografias desenvolvidas pelos alunos de pós-graduação do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica.

A consulta também pode ser feita na biblioteca de Engenharia Civil pelos telefones (11) 3091-5204 e 3091-9023, fax (11) 3091-5125 ou pelo e-mail biblioteca.civil@poli.usp.br.

Para saber o horário e o local das próximas qualificações e defesas, acesse o site Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – PPGEC. e do ConstruINOVA - Mestrado Profissional em Inovação na Construção Civil.

Para conhecer as diretrizes de elaboração de teses e dissertações clique no link ou acesse o site da Biblioteca Digital.

Importante: a consulta aos arquivos das teses e dissertações fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:

Este trabalho é para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar o nome da pessoa autora do trabalho.

Buscar teses, dissertações e monografias
  • Crédito de carbono como meio de funding para empreendimentos de infraestrutura no Brasil - a validação de investimentos em geração de energia PDF
    • Aluno: Heliana Lombardi Artigiani
    • Orientador: Claudio Tavares de Alencar
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2011

    O novo cenário da macroeconomia e os freqüentes alertas daqueles que estudam o meio ambiente trazem a luz outros fatores que devem ser respeitados num processo de tomada de decisão para qualquer investimento a ser realizado. Neste sentido vem se consolidando o Mercado de Crédito de Carbono no Mundo, que se por um lado viabiliza a implantação de um empreendimento por admitir a compensação ambiental, por outro pode viabilizá-lo disponibilizando recursos para a sua instalação e operação. A geração de Crédito de Carbono, isto é, Redução Certificada de Emissões (RCE) e o aporte de recursos no sistema empreendimento em função da negociação dos créditos no Mercado de Carbono, pode se caracterizar em fonte de funding de empreendimentos de geração de energia elétrica no Brasil. Sendo assim, o objetivo desta pesquisa é discutir a validação do investimento em empreendimentos que usam o recurso proveniente da negociação de créditos de carbono como fonte de funding. O estudo compreenderá a estruturação de um protótipo de empreendimentos de geração de energia elétrica configurado nos parâmetros da realidade brasileira e nos padrões de MDL (Mecanismo de Desenvolvimento Limpo) de acordo com o Tratado de Quioto, assim gerando créditos, e, dessa forma, fornecerá as referências necessárias para a análise econômica e financeira do investimento em empreendimentos dessa tipologia. Após a análise dos indicadores da qualidade do protótipo é possível afirmar que com a criação do MDL e outros mecanismos promovidos por ele, os empreendimentos de geração de energia o tipo PCH tornaram-se atrativos para investidores típicos que buscam renda estável e de longo prazo, e o setor elétrico Brasileiro sofreu mudanças em sua tipologia, onde o crescimento de investimentos em fontes alternativas de energia é aparente.

  • Fundos de investimento imobiliário - governança corporativa PDF
    • Aluno: Fernanda Maria Ferreira
    • Orientador: Claudio Tavares de Alencar
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2011

    Atualmente no Brasil, é possível observar um movimento no mercado dos FIIs (Fundos de Investimento Imobiliário). Este movimento inclui desde alterações recentes na regulamentação, nos prospectos e regulamentos como alterações nos novos tipos que têm sido ofertados no mercado. Além disso, este mercado está em uma fase de grande expansão, no cenário nacional. O ambiente econômico nacional e internacional têm propiciado uma busca por alternativas de investimento, e o FII possui características muito relevantes. Em um mercado cada vez mais pulverizado e mais negociado em bolsa de valores, os critérios de Governança Corporativa se tornam peça fundamental para qualquer tipo de investimento, com seus diversos aspectos, representa transparência, equidade no tratamento e prestação de contas. Itens fundamentais requeridos pelo investidor atual, que busca diversificar seu risco em veículos de investimento transparentes e com retorno considerável. Diante do momento econômico do mercado, da movimentação dos FIIs e da relevância dos critérios de Governança Corporativa, surge o presente estudo. Analisando as alterações no ambiente de investimento FII, ao longo do tempo com base em seus prospectos, regulamentos e na própria regulamentação, é possível identificar como seus critérios de Governança Corporativa foram sendo alterados. Comparando os critérios presentes nos FIIs com os critérios presentes em outros ambientes de investimento nacionais é possível identificar o seu novo posicionamento no mercado. A partir das evidências coletadas nos itens anteriores o estudo buscou validá-las através da realização de entrevistas com gestores.||O presente trabalho conclui como as alterações dos critérios de Governança Corporativa influenciaram e continuam influenciando o posicionamento dos FIIs no mercado, tornando-o um investimento mais flexível, ativo e conseqüentemente mais atrativo.

  • Modalidades de contratos para obras do setor varejista PDF
    • Aluno: Elisabete Maria de Freitas
    • Orientador: Claudio Tavares de Alencar
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2011

    Este trabalho objetiva promover a exposição das principais modalidades contratuais aplicáveis às obras de construção civil de edifícios para super e hipermercados, os quais possuem suas premissas e restrições dentro da contextualização exposta. Aborda como os diferentes arranjos contratuais determinam e evidenciam o relacionamento e integração entre as partes, a obtenção dos objetivos dos participantes, a alocação dos riscos e a metodologia de gestão passível de ser aplicada, para que o risco de aumento de custo através de pleitos contratuais seja mitigado ou controlado. Através do levantamento de campo apresentado, o trabalho traz dados relevantes que fundamentam recomendações para uma melhor estratégia contratual e seleção de modalidade de contrato a ser aplicada, para a contratação de obras de super e hipermercados.

  • Pozolanicidade do metacaulim em sistemas binários com cimento Portland e hidróxido de cálcio PDF
    • Aluno: Engler Apaza Medina
    • Orientador: Antonio Domingues de Figueiredo
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2011

    O metacaulim é um material pozolânico que vem sendo pesquisado e adotado em vários países. O metacaulim é constituído basicamente de sílica (SiO?) e alumina (Al2O3) na fase amorfa, capaz de reagir com o hidróxido de cálcio Ca(OH)? gerado durante a hidratação do cimento Portland, formando produtos hidratados similares aos decorrentes da hidratação direta do clinquer Portland. Esta pozolana acelera o processo de hidratação do cimento, formando silicato de cálcio hidratado (C-S-H) adicional. O conhecimento das características do metacaulim que influenciam a interação com a cal, se faz necessário para subsidiar medidas preventivas com relação ao consumo de portlandita. O presente trabalho visa determinar as características físico-químicas relevantes para o entendimento da atividade pozolânica, avaliando as reações propiciadas pelo metacaulim em sistemas binários. Para este propósito, realizaram-se estudos experimentais em pasta e concreto, usando as técnicas de difratometria de raios X e de termogravimetria. As etapas experimentais consistiram: na caracterização do metacaulim, com ênfase na determinação do teor da fase amorfa; a cinética da reação em sistema metacaulim/hidróxido de cálcio; evolução da hidratação de cimento com alto teor de metacaulim. Nos sistemas cimenticios de concretos com diferentes teores de substituição de metacaulim com e sem cal hidratada, foi avaliado o comportamento da resistência à compressão. No metacaulim estudado, o teor da fase amorfa foi de 74,60% e o restante (25,40%) atua como material inerte, e o consumo máximo por atividade pozolânica, foi de 1,34 gr de Ca(OH)?/grama de fase amorfa de metacaulim. Na evolução das reações, por atividade pozolânica o C-S-H foi formando gradativamente.||A adição de 15% de metacaulim e 5% de cal hidratada em concretos proporcionou um ganho de resistência de 17% a mais em função do concreto de referência.

  • Gestão de empreendimentos e soluções técnicas para a realização de edifícios sustentáveis certificados pelo Processo AQUA PDF
    • Aluno: Adriana Gouveia Rodrigo
    • Orientador: Francisco Ferreira Cardoso
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2011

    Esta pesquisa analisa a gestão de empreendimentos para realização de edifícios sustentáveis, desde a concepção do projeto até a construção do edifício, bem como, identifica e analisa as soluções técnicas que são desenvolvidas em suas diferentes fases. Para tanto, considera as diretrizes de gestão e os requisitos técnicos propostos pelo referencial do Processo AQUA, metodologia de avaliação e certificação de empreendimentos sustentáveis, de origem francesa. Adota como método o estudo de caso (estuda três casos, baseados em entrevistas e análise documental) e os resultados são discutidos individualmente e em grupo, possibilitando as conclusões da pesquisa. A permanência e o incremento do desempenho técnico, com menor impacto negativo ao meio ambiente, é um grande desafio posto à construção de edifícios, na atualidade. Essa pesquisa colabora com o alcance deste desafio, na medida em que, identifica práticas de mercado (de gestão e soluções técnicas utilizadas) e analisa como estas práticas podem ser mais bem exploradas, gerando resultados eficazes e mais eficientes. As conclusões apontam que para vencer este desafio é necessária a participação de todas as partes interessadas e, dá atenção especial à necessidade da formação da equipe de projetos logo nas primeiras fases da realização do empreendimento. Além disso, novas competências passam a fazer parte do processo e devem ser integradas à equipe, em um momento correto da realização do empreendimento. As soluções técnicas se desenvolvem de forma contínua, e mais acelerada, nos empreendimentos de edifícios sustentáveis, pois estes apresentam novas proposições de projeto que demandam desenvolvimento tecnológico de projetistas, fabricantes de materiais e empresas construtoras. Assim, a sustentabilidade é um processo cíclico e contínuo, que depende de toda cadeia produtiva.


Anterior Próximo
    1. . .  19    20    21    22    23    24    25    26    27    28  . . . 157