Teses, Dissertações e Monografias

Acesse a listagem abaixo para conhecer algumas das teses, dissertações e monografias desenvolvidas pelos alunos de pós-graduação do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica.

A consulta também pode ser feita na biblioteca de Engenharia Civil pelos telefones (11) 3091-5204 e 3091-9023, fax (11) 3091-5125 ou pelo e-mail biblioteca.civil@poli.usp.br.

Para saber o horário e o local das próximas qualificações e defesas, acesse o site Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – PPGEC. e do ConstruINOVA - Mestrado Profissional em Inovação na Construção Civil.

Para conhecer as diretrizes de elaboração de teses e dissertações clique no link ou acesse o site da Biblioteca Digital.

Importante: a consulta aos arquivos das teses e dissertações fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:

Este trabalho é para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar o nome da pessoa autora do trabalho.

Buscar teses, dissertações e monografias
  • Fibrocimentos com gradação funcional PDF
    • Aluno: Cleber Marcos Ribeiro Dias
    • Orientador: Vanderley Moacyr John
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 2011

    O presente estudo aplica o conceito de materiais com gradação funcional (MGF) ao desenvolvimento de uma alternativa para melhorar o desempenho mecânico e reduzir o custo de produção de componentes de fibrocimento. Primeiramente, este trabalho estabelece o conceito de fibrocimento com gradação funcional. Depois, modelam-se, em elementos finitos, as tensões em telhas onduladas sob flexão estática e cargas de vento e mostra-se que, para esses tipos de carregamento, regiões específicas das telhas são submetidas a tensões de baixa intensidade justificando a aplicação do conceito de MGF para a otimização da distribuição da resistência em tais componentes. A parte experimental deste trabalho é constituída de quatro estudos: a) produção de fibrocimentos com o teor de fibras variando ao longo da espessura; b) desenvolvimento de um método de escolha de formulações para fibrocimentos com gradação funcional; c) desenvolvimento de compósitos cimentícios para extrusão em altas velocidades, destinados a gradação de fibrocimentos; e d) aplicação pré-industrial para avaliar a aplicabilidade de técnica de modificação local das propriedades de telhas com gradação funcional. Mostra-se, experimentalmente, que fibrocimentos contendo 1,0% de fibras de PVA, em massa, estrategicamente distribuídas ao longo da espessura, apresentam módulo de ruptura (MOR) similar ao dos fibrocimentos homogêneos com 1,8% de fibras, comprovando a eficácia deste tipo de gradação na redução do custo de placas de fibrocimento. O segundo trabalho experimental avalia formulações de fibrocimento constituídas de seis matérias-primas empregando-se a estratégia screening, uma metodologia promissora para gerar regras de mistura, otimizar custos e desempenho e facilitar a escolha de formulações locais para fibrocimentos com gradação funcional.||Compósitos cimentícios com fibras de PVA ou vidro álcali resistente (AR), destinadas à extrusão em altas velocidades, foram desenvolvidos para aplicação pré-industrial. Aqueles contendo 4,0% de fibra de vidro, em volume, apresentaram resistência à tração média igual a 12,0 MPa, enquanto compósitos com 3,0% de fibras de PVA apresentaram resistência igual a 7,5 MPa. A aplicação destas misturas entre as camadas de telhas onduladas de fibrocimento, durante o experimento pré-industrial, resultou em melhoras substanciais do desempenho local.

  • Método para gestão do custo da construção no processo de projeto de edificações PDF
    • Aluno: Cilene Maria Marques Gonçalves
    • Orientador: Silvio Burrattino Melhado
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2011

    Devido à característica cíclica do mercado da construção civil, as margens de lucro das incorporadoras podem ser facilmente afetadas. Portanto, a assertividade do custo no momento da decisão da compra do terreno, e a sua variação entre o momento da decisão de se empreender e a conclusão do projeto deve ser pequena, de maneira a não comprometer o retorno esperado. Notou-se uma fraqueza na área da engenharia quanto à definição do custo no momento do estudo da viabilidade do negócio e ao suporte de custo quanto às decisões tomadas durante o desenvolvimento do projeto. O que se pratica pelo mercado é o preço parametrizado por m2 de área (construída, privativa ou equivalente), tendo como referência os custos atingidos por outros projetos. Após a definição desse primeiro custo, o projeto só será avaliado quando já contar com a aprovação dos órgãos competentes e a venda para o cliente estiver iniciada. O custo final da construção pode ser difícil de ser atingido, pois todo o comprometimento já está consolidado baseado nas decisões tomadas durante seu desenvolvimento. Nesse momento, a construtora definirá seu primeiro custo, mas só terá um valor mais confiável após todos os projetos estarem, pelo menos, na fase de projeto básico. O custo a ser conhecido nessa fase pode surpreender negativamente se não forem tomados cuidados com sua análise. O que se pretende, nesta dissertação, é apresentar um método de parametrização simples e eficaz, que tem rapidez e agilidade para análises de engenharia de valor e decisões arquitetônicas, suportado pela parametrização de custos de construção descritos num Plano de Contas único desde o início do processo do negócio até a fase de construção, contribuindo para a rastreabilidade do processo, para facilitar as análises de cada fase e para a retroalimentação do processo de orçamentação.

  • Adequação de formulações para a produção de placas de fibrocimento por extrusão PDF
    • Aluno: Yatsen Jepthe Maldonado Soto
    • Orientador: Holmer Savastano Junior
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 2010

    Este trabalho contribui no desenvolvimento do processo de extrusão para a produção de compósitos cimentícios, mediante metodologia que possibilite a obtenção de formulações extrudáveis utilizando cimento Portland de alta resistência inicial, sílica ativa, calcário, polpa de celulose de eucalipto, fibras de polipropileno e aditivos. Para isso, foram caracterizadas as matérias-primas como subsidio para as discussões. O efeito dos diferentes componentes da formulação no comportamento reológico da mistura foi avaliado utilizando reômetro extrusor. As propriedades físicas e mecânicas dos compósitos elaborados com combinações de calcário, sílica ativa e cimento foram modeladas estatisticamente com o propósito de estimar o comportamento das matrizes. A demanda de água dos sistemas cimentícios foi determinada experimentalmente e utilizada na extrusão das matrizes. Selecionada uma matriz, suas propriedades mecânicas e físicas foram modeladas, estatisticamente, com diferentes teores de polpa celulósica de eucalipto e fibras de polipropileno. As formulações com características desejadas foram avaliadas ao envelhecimento acelerado por 200 ciclos de imersão-secagem. Finalmente foi analisada a reprodutibilidade utilizando o módulo de Weibull para as formulações selecionadas. O estudo reológico constatou que as fibras de polipropileno apresentam os maiores aumentos nos valores dos parâmetros reológicos se comparados com os efeitos do calcário, sílica ou celulose de eucalipto, repercutindo em maiores pressões de extrusão. O incremento do modificador reológico hidroxipropilmetilcelulose reduz no compósito cimentício o módulo de ruptura mesmo que durante o processamento, promova o incremento da pressão de extrusão.||Os modelos estatísticos empregados para modelar a matriz reforçada foram de maior complexidade e com menor coeficiente de determinação se comparados com os utilizados na modelagem das matrizes. O preço de mercado do fibrocimento é aproximadamente 64% menor do que os determinados utilizando unicamente os valores das matérias-primas e aditivos do fibrocimento extrudado no presente estudo.

  • Desempenho de sistemas de condicionamento de ar com utilização de energia solar em edifícios de escritórios PDF
    • Aluno: Paulo José Schiavon Ara
    • Orientador: Racine Tadeu Araujo Prado
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2010

    A preocupação energética tem impulsionado a humanidade a buscar alternativas sustentáveis de energia. Neste contexto, os edifícios de escritórios têm um papel importante, em especial, devido ao elevado consumo de energia dos sistemas de condicionamento de ar. Para esses sistemas, a possibilidade de utilização de energia solar é uma alternativa tecnicamente possível e interessante de ser considerada, principalmente porque, quando a carga térmica do edifício é mais elevada, a radiação solar também é mais elevada. Dentre os sistemas de condicionamento de ar solar, o sistema térmico - que associa coletores solares térmicos com chiller de absorção - é o mais disseminado, na atualidade. Entretanto, dependendo do caso, outras tecnologias podem ser vantajosas. Uma opção, por exemplo, no caso de edifícios de escritórios, é o sistema elétrico - que associa painéis fotovoltaicos ao chiller convencional de compressão de vapor. Neste trabalho, para um edifício de escritórios de 20 pavimentos e 1000 m2 por pavimento, na cidade de São Paulo, no Brasil, duas alternativas de ar condicionado solar tiveram seus desempenhos energéticos analisados: o sistema térmico - com coletores solares térmicos somente na cobertura – e o sistema elétrico - com painéis FV somente nas superfícies opacas das fachadas. Para isso, com o software EnergyPlus do Departamento de Energia dos Estados Unidos obteve-se as carga térmica atuantes no edifício e com a aplicação do método de cálculo de consumo de energia dos sistemas de ar condicionado solar, proposto pelo Projeto SOLAIR da União Européia, adaptado para a realidade da pesquisa, obteve-se o desempenho energético dos sistemas.||Os resultados mostraram que, para o edifício de 20 pavimentos, o sistema elétrico tem o melhor desempenho energético, economizando 28% e 71% da energia elétrica que consumiria um sistema de ar condicionado convencional, em um dia de verão e de inverno, respectivamente. O sistema térmico, ao contrário, apresentou um desempenho energético ruim para o edifício estudado, consumindo, por exemplo, em um dia de verão, cerca de 4 vezes mais energia elétrica do que um sistema de ar condicionado convencional. Constatou-se que isso ocorreu, pois a área coletora limitada à cobertura foi insuficiente para atender a demanda do chiller de absorção, que passou a operar com frações solares baixas, da ordem de 50% e 20%, de pico, no dia de inverno e de verão, respectivamente. Assim, constatou-se que para que o sistema térmico apresente um desempenho energético satisfatório é preciso que o edifício não seja tão alto. De fato, os resultados mostraram que somente se o edifício tivesse no máximo 2 pavimentos, o sistema térmico teria um desempenho energético melhor do que um sistema convencional. No caso de ser aplicado ao edifício térreo de 1000m2 de área, por exemplo, esse sistema economizaria aproximadamente 65% da energia elétrica do sistema convencional. Por fim, constatou-se também que o desempenho energético do sistema térmico seria elevado com a otimização da área e da tecnologia de coletores solares, com o aprimoramento do sistema de aquecimento auxiliar e com a redução da carga térmica do edifício por meio de técnicas passivas de climatização.

  • Método para análise da oportunidade de imobilização em imóveis corporativos PDF
    • Aluno: Carolina Andrea Garisto Gregório
    • Orientador: João da Rocha Lima Júnior
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 2010

    O avanço da economia brasileira e o amadurecimento dos mercados induzem à crescente competitividade nos diferentes setores. Com isso, as corporações buscam por maneiras de investir com maior produtividade de modo a direcionar recursos nas suas atividades fins para desenvolvimento e expansão do negócio principal. Os ativos imobiliários são um dos recursos mais onerosos para muitas empresas, que ainda imobilizam recursos nesses ativos de longo prazo de maturação. É incipiente a percepção das empresas brasileiras em relação às perdas de oportunidade de ganho com os investimentos que são internados nas suas bases instaladas. Nesse contexto, a tese trata da configuração de um método para análise da oportunidade de imobilização e desmobilização em imóveis corporativos sob a ótica das corporações usuárias, por meio da identificação de critérios qualitativos e quantitativos (econômico-financeiros) relevantes à análise, considerando (i) os mecanismos diretos e indiretos atualmente empregados no Brasil, (ii) a sustentação legal, (iii) as práticas tributárias e contábeis, e (iv) as práticas prevalentes de mercado. Os critérios de decisão do método são priorizados pelos administradores das corporações com auxílio de uma ferramenta para análise hierárquica de decisão (Analytic Hierarchical Process - AHP), que indica a alternativa mais adequada entre as opções de imobilização ou não no real estate para cada situação. O método desenvolvido nesta tese pode ser uma importante ferramenta de apoio para as diretrizes de governança corporativa no que tange às decisões em relação ao portfolio de real estate das corporações, podendo ser utilizado por empresas com atuação nos diferentes setores da economia, tais como: manufatura, serviços, varejo, entre outros, inclusive no setor público.


Anterior Próximo
    1. . .  22    23    24    25    26    27    28    29    30    31  . . . 157