Teses, Dissertações e Monografias

Acesse a listagem abaixo para conhecer algumas das teses, dissertações e monografias desenvolvidas pelos alunos de pós-graduação do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica.

A consulta também pode ser feita na biblioteca de Engenharia Civil pelos telefones (11) 3091-5204 e 3091-9023, fax (11) 3091-5125 ou pelo e-mail biblioteca.civil@poli.usp.br.

Para saber o horário e o local das próximas qualificações e defesas, acesse o site Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – PPGEC. e do ConstruINOVA - Mestrado Profissional em Inovação na Construção Civil.

Para conhecer as diretrizes de elaboração de teses e dissertações clique no link ou acesse o site da Biblioteca Digital.

Importante: a consulta aos arquivos das teses e dissertações fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:

Este trabalho é para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar o nome da pessoa autora do trabalho.

Buscar teses, dissertações e monografias
  • Avaliação da resistência à compressão do concreto através de testemunhos extraídos PDF
    • Aluno: José Orlando Vieira Filho
    • Orientador: Paulo Roberto do Lago Helene
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 2007

    Esta pesquisa experimental destina-se a avaliação da resistência à compressão do concreto na estrutura através da análise das resistências de corpos-de-prova padrão moldados fc(M), denominada potencial e de testemunhos extraídos da estrutura fc(E), denominada efetiva objetivando quantificar a parcela Yc2 - nesta tese considerada como a relação entre elas fc(M)/fc(E) - do coeficiente normativo de ponderação da resistência do concreto Yc. Essa parcela Yc2 corresponde ao coeficiente de correção, devido aos efeitos do broqueamento na extração, a ser aplicado à resistência dos testemunhos de mesmas dimensões dos corpos-de-prova. A norma brasileira NBR 6118/03 - Projeto de Estruturas de Concreto - Procedimento, para o caso de não-conformidade na aceitação do concreto, indica a extração de testemunhos segundo a NBR 7680. Admite, neste caso de extração, dividir o valor de Yc por 1,1 nas avaliações estruturais no estado limite último. Em sua versão anterior a NBR 6118 recomendava que os resultados dos testemunhos fossem corrigidos em virtude dos efeitos do broqueamento, sem, no entanto especificar o coeficiente para a correção referida, sugerindo que os resultados fossem majorados em 10% ou 15%, dependendo da amostragem, por se tratar da resistência do concreto na própria estrutura. A NBR 6118/03 estabelece para o coeficiente Yc o valor de 1,4 sem especificar valor para a parcela Yc2. O CEB igualmente recomenda 1,4 para o Yc citando o valor de 1,10 para o||Yc2. Trabalhando-se com corpos-de-prova padrão curados úmidos e com testemunhos extraídos de blocos tanto curados úmidos quanto curados ao ar buscou-se avaliar esse coeficiente referente aos danos causados pela extração. Utilizaram-se ainda corpos-de-prova padrão curados ao ar para comparação de resultados. ) No presente estudo procurou-se também verificar a viabilidade da utilização de testemunhos de diâmetros inferiores aos de 15 cm e 10 cm normalmente previstos na normalização nacional e internacional, extraindo-se, além daqueles, testemunhos de 7,5; 5,0 e do diminuto diâmetro de 2,5 cm; que podem vir a facilitar e acelerar as avaliações de estruturas acabadas. Permitem ainda evitar cortes de armaduras, reduzir custos, possibilitar a obtenção da relação altura/diâmetro igual a 2 e ainda o aumento significativo da amostragem. No programa de ensaios desenvolvido foram estudados concretos produzidos por central dosadora que atende a Região Metropolitana do Recife, em quatro níveis de resistência à compressão aos 28 dias, respectivamente de 20, 50 e 70 MPa e amostragem suplementar de 65 MPa, para rupturas também aos 90 dias de idade. Foram realizados também ensaios esclerométricos, ultrassônicos e de massa específica aparente do concreto como subsídios aos ensaios de resistências à compressão. Após análise estatística chegou-se a um valor final promédio para o coeficiente de correção dos efeitos de broqueamento Yc2 de 1,07; demonstrando-se ainda por||correlações ao nível de significância de 1% a viabilidade da utilização dos testemunhos de diâmetros 7,5; 5,0 e do minitestemunho de 2,5 cm na avaliação de estruturas acabadas

  • Diretrizes para especificação de pinturas externas texturizadas acrílicas em substrato de argamassa PDF
    • Aluno: Alexandre Amado Britez
    • Orientador: Luiz Sergio Franco
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2007

    Neste trabalho são apresentados os principais conceitos relacionados às pinturas texturizadas. Foram propostas diretrizes mínimas para especificação e recebimento de pinturas texturizadas acrílicas em substratos de argamassa para fachadas de edifícios. Para o estabelecimento das diretrizes foram evidenciadas as práticas adotadas através de estudos de casos e foi realizado um estudo experimental para desenvolvimento dos principais critérios de aceitação propostos. Considera-se que a especificação técnica é o ponto de partida para assegurar que as pinturas texturizadas acrílicas atendam o uso previsto.

  • Eficiência energética PDF
    • Aluno: Daniel Setrak Sowmy
    • Orientador: Racine Tadeu Araujo Prado
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2007

    Este trabalho propõe uma metodologia com objetivo de avaliar a eficiência energética de aquecedores de água residenciais de acumulação elétricos. Os aquecedores foram submetidos a um ciclo de operação simulando uma condição de uso para o cálculo da eficiência. Este ciclo de duração de um dia é composto pelas fases: produção de água quente, reaquecimento e manutenção da temperatura interna. O método foi aplicado no programa experimental e permitiu a identificação de diversos parâmetros referentes ao funcionamento dos aquecedores, tais como: perda passiva por 24 horas, produção de água quente, tempo de reaquecimento, variação da temperatura interna da água e a sua eficiência energética.

  • Estudo para caracterização da demanda urbana de água no setor residencial da cidade de São Paulo PDF
    • Aluno: Diego Cesar Sanchez
    • Orientador: Racine Tadeu Araujo Prado
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2007

    O racionamento de água potável acontece em muitas cidades do mundo e é um assunto iminente para muitas outras. Tal fato se deve ao aumento gradativo das populações nos centros urbanos, que carrega consigo os efeitos da poluição dos mananciais, da impermeabilização, da modificação do clima, entre vários outros fatores adversos desta questão, tão séria, visto que o ser-humano é totalmente dependente da água doce para sua sobrevivência. Partindo deste pressuposto e seguindo a linha do uso racional da água para atenuar a sua escassez, esta pesquisa teve como objetivo desenvolver um estudo para caracterização da demanda urbana de água no setor residencial, de modo a auxiliar, entre outros fatores, a estabelecer a capacidade dos sistemas produtores, as solicitações máximas aos sistemas de distribuição, os investimentos para ampliação de capacidade e avaliação de benefício líquido potencial de medidas de conservação e uso racional da água voltadas à redução das vazões médias demandadas. Esta pesquisa foi fundamentada em uma metodologia científica que estratificou amostras de demanda de água em diferentes modalidades de moradias, assim como em diferentes classes sociais.

  • Lascamento do concreto exposto a altas temperaturas PDF
    • Aluno: Andréia Azeredo Nince
    • Orientador: Antonio Domingues de Figueiredo
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 2007

    Esta pesquisa foi motivada pela existência de controvérsia na literatura sobre concreto exposto a altas temperaturas, das dúvidas ainda por solucionar acerca da matéria e da lacuna na norma brasileira para a matéria. Este tema reapareceu após os vários acidentes em túneis ao redor do mundo ocorridos nos últimos dez anos, nos quais se verificou a ocorrência de lascamento explosivo de forma intensa, afetando a estabilidade estrutural. O objetivo principal da tese é correlacionar os parâmetros tecnológicos de dosagem (relação água/cimento, teor de argamassa e consumo total de água) às condições de risco de lascamento, associados à umidade ambiente, que indiretamente, influencia no grau de saturação do concreto. O segundo objetivo é otimizar o uso de fibras de polipropileno para minimizar o efeito do lascamento. Adotou-se empregar a curva-padrão H durante 55 minutos em corpos-de-prova cúbicos aquecidos apenas em uma das fases com sua dilatação térmica lateral restringida. O nível de lascamento foi avaliado usando o volume lascado, obtido pela espessura medida diretamente nos corpos-de-prova, multiplicada pela área lascada, calculada pelo AUTOCAD 2000. Os resultados mostraram que o parâmetro tecnológico mais relevante na ocorrência de lascamento foi a relação água/cimento e a umidade ambiente apresentou capacidade de alterar as condições de risco de lascamento. No estudo com as fibras percebeu-se diferentes teores de fibras e diferentes características das fibras||para cada grupo de a/c. Conclui-se que a relação água/cimento mais baixa associada a umidade a ambiente mais elevada é a condição mais propícia a ocorrência de lascamento. Conclui-se também que o teor de fibras de 600g/m³ é o teor mínimo para se reduzir o lascamento no grupo a/c=0,50 e 1750g/m³ no grupo a/c=0,25. A fibra L=12mm F=36µm PF=140°C mostrou-se a mais eficaz no grupo a/c=0,50 apenas o comprimento L=6 mm mostrou-se eficiente na redução do lascamento


Anterior Próximo
    1. . .  43    44    45    46    47    48    49    50    51    52  . . . 157