Teses, Dissertações e Monografias

Acesse a listagem abaixo para conhecer algumas das teses, dissertações e monografias desenvolvidas pelos alunos de pós-graduação do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica.

A consulta também pode ser feita na biblioteca de Engenharia Civil pelos telefones (11) 3091-5204 e 3091-9023, fax (11) 3091-5125 ou pelo e-mail biblioteca.civil@poli.usp.br.

Para saber o horário e o local das próximas qualificações e defesas, acesse o site Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – PPGEC. e do ConstruINOVA - Mestrado Profissional em Inovação na Construção Civil.

Para conhecer as diretrizes de elaboração de teses e dissertações clique no link ou acesse o site da Biblioteca Digital.

Importante: a consulta aos arquivos das teses e dissertações fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:

Este trabalho é para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar o nome da pessoa autora do trabalho.

Buscar teses, dissertações e monografias
  • Reação álcali-agregado nas usinas hidrelétricas do Complexo Paulo Afonso / CHESF PDF
    • Aluno: Patrícia Neves Silva
    • Orientador: Selmo Chapira Kuperman
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2007

    Vários são os processos de deterioração do concreto e a reação álcali-agregado (RAA) se agrupa na categoria de degradação por processo químico. Como resultado da reação e em presença de umidade, são formados produtos que se expandem, podendo provocar a fissuração, perda de resistência, aumento da deformação, perda de funcionalidade, redução da durabilidade da estrutura, dentre outros. Pode-se dizer que o conhecimento quanto à prevenção da reação é vasto, porém o mesmo não pode ser dito sobre o seu mecanismo. Uma vez existindo a reação, ainda não se conhece uma maneira adequada para evitar sua continuidade. O trabalho consistiu no estudo de casos de concretos afetados pela reação álcali-agregado nas cinco usinas hidrelétricas que compõem o Complexo Hidrelétrico Paulo Afonso, de responsabilidade da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco - CHESF, subsidiária das Centrais Elétricas Brasileiras S/A - ELETROBRÁS e responsável por gerar e transmitir energia elétrica para a região nordeste do Brasil. Os concretos das usinas possuem idades variando entre 20 e 50 anos. Foram avaliadas algumas propriedades físicas, químicas, mineralógicas, mecânicas e elásticas dos concretos, como: reatividade potencial, teor de álcalis do concreto, índice de deterioração, massa específica, resistência à compressão, resistência à tração por compressão diametral, módulo de elasticidade, coeficiente de Poisson e fluência. O principal interesse deste estudo é verificar se algumas das características dos concretos das usinas são afetadas devido à reação álcali-agregado. Os resultados indicam que, apesar dos concretos terem sido fabricados há décadas, seu potencial reativo ainda é bastante elevado, mas que as estruturas de concreto se apresentam pouco deterioradas quando comparadas a outras estruturas.||Com relação às propriedades mecânicas, não foi observada redução significativa das resistências à compressão, tração e fluência, tendo sido o módulo de elasticidade a propriedade mais sensível aos efeitos da RAA.

  • Estimativa da energia de lançamento das argamassas projetadas por spray a ar comprimido PDF
    • Aluno: Heloísa Cristina Fernandes
    • Orientador: Vanderley Moacyr John
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2007

    O revestimento de argamassa é um componente comum das fachadas dos edifícios brasileiros. Sua aderência à base é um fator determinante para seu adequado desempenho, pois a queda de placas de revestimento pode resultar em falhas funcionais e estéticas e até em acidentes fatais. Está aprovado que a aderência do revestimento depende da combinação entre o comportamento reológico da argamassa e a energia com que foi lançada à base durante a aplicação. Sabe-se, também, que a introdução da técnica de aplicação de argamassa por spray a ar comprimido aumentou a aderência dos revestimentos com relação à aplicação manual. Não se conhecia ainda a energia empregada por esse tipo de equipamento e os fatores que exerceriam influência nesse sistema de projeção. Este trabalho apresenta o desenvolvimento de uma metodologia simples que estima a energia de lançamento dos projetores a ar comprimido e estuda experimentalmente os fatores importantes para a projeção, tais como a pressão do ar comprimido e o comportamento reológico de diversas composições de argamassa preparadas com dois teores de água em diferentes equipamentos do mercado brasileiro. Foram estimadas, também, a produtividade, a partir do termo necessário para esvaziamento do projetor, e as perdas potenciais de cada combinação. Dados experimentais mostraram que a energia de lançamento empregada pelos equipamentos estudados às argamassas ensaiadas variou de 2 a 16/Kg, as perdas potenciais estimadas variaram de 1% a 25% e o intervalo de tempo para projeção medido foi de 5 a 20s.

  • Subsídios para o planejamento da qualidade em edifícios do segmento hoteleiro PDF
    • Aluno: Maria Julia de Moraes Mesquita
    • Orientador: Silvio Burrattino Melhado
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 2007

    A elevada competitividade dos dias atuais e a conscientização do consumidor para a qualidade dos produtos delimitam um contexto no qual os edifícios são entendidos como ativos que contribuem para a produtividade das organizações. Entretanto, a concepção dos edifícios nem sempre assegura soluções adequadas ao seu 'uso e operação', devido à falhas na consideração das reais demandas dos usuários. O objetivo desta Tese é formular um modelo conceitual para integrar as fases de 'concepção' e de 'uso e operação' do edifício por meio do planejamento da qualidade. O edifício do segmento hoteleiro apresenta uma diversidade de componentes, processos e agentes envolvidos em sua produção e operação; complexidade do programa arquitetônico; e papel relevante das atividades de manutenção predial para o desempenho do empreendimento, que justificam sua escolha como objetivo da pesquisa. Os métodos de pesquisa envolvem revisão teórica e estudo de caso, a fim de verificar a aplicação prática dos conhecimentos levantados a avaliar o desempenho desses edifícios, com uso da Avaliação Pós-Ocupação, cujos resultados estabelecem a avaliação qualitativa desse desempenho e as prioridades dos usuários quanto a esses requisitos. Com base nas análises realizadas, a Tese é concluída com a elaboração de um modelo para o Planejamento da Qualidade de edifícios hoteleiros aplicado às fases de 'concepção' e 'uso e operação', como forma de integrá-las, elevar o desempenho do edifício e a satisfação de||seus usuários

  • Estudo de métodos de planejamento do processo de projeto de edifícios PDF
    • Aluno: Leonardo Manzione
    • Orientador: Silvio Burrattino Melhado
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2006

    Na construção de edifícios, o cumprimento dos prazos dos projetos é um problema recorrente, pois, freqüentemente, os contratantes reclamam que os projetos atrasam. O processo de projeto é gerido de maneira informal, com técnicas de planejamento inadequadas e com a subutilização dos recursos da Tecnologia da Informação. Pelo lado dos profissionais de projeto, também são grandes as reclamações causadas pelo retrabalho, fator responsável por perda de rentabilidade. Com base nessas justificativas, foi desenvolvida a presente pesquisa com o objetivo principal de estudar o planejamento do processo de projeto e propor formas de melhorar a sua eficácia. O método de pesquisa adotado consistiu em uma revisão bibliográfica sobre os principais modelos gerenciais e técnicas de planejamento adequados ao processo de projeto, e que possam ser aplicadas em nosso mercado. Uma survey com os usuários das extranets de projeto avaliou o estágio atual da utilização dessas ferramentas como suporte à gestão do processo de projeto. Foi realizado um estudo de caso em uma importante empresa de São Paulo, no qual foram analisados seus métodos de planejamento e, a partir do uso da DSM (Design Structure Matrix) como ferramenta de planejamento, foram feitas sugestões para a redução de prazos e simplificações em seu processo de projeto. Como resultado final, foi levantado um amplo quadro diagnóstico e identificadas as causas dos problemas que constituem as principais barreiras atuais à melhoria da eficácia do processo de planejamento do processo de projeto de edifícios.

  • Produção de areia reciclada lavada de resíduos classe A da construção civil PDF
    • Aluno: Renato Augusto Nascimento
    • Orientador: Silvia Maria de Souza Selmo
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2006

    A cadeia da construção civil apresenta impactos ambientais significativos: na extração de matérias primas naturais, na produção de insumos, na construção, no uso e na demolição de obras, sendo que a disponibilidade de matérias primas naturais tende a ser cada vez mais controlada, pelas limitações dos recursos naturais e pelas normas ambientais vigentes. No caso do insumo de interesse neste trabalho, a areia de construção, pode ocorrer que o seu fornecimento seja feito por jazidas naturais distantes dos centros consumidores, há mais de 100 km. Em cidades brasileiras, este fato acarreta impactos econômicos e ambientais adicionais ao produto, pelo transporte ser tipicamente rodoviário. Uma das alternativas que pode reduzir estes problemas é a reciclagem de resíduos classe A, da construção civil (RCC - A). No Brasil a maioria das usinas de reciclagem de resíduos classe A da construção civil gera, principalmente, agregados de granulometria mista, para usos secundários em aterros ou estradas, e com muitas limitações técnicas para uso em edificações. Este é o caso da areia reciclada por processo via seca, originalmente produzida pela Usina de Socorro/SP, e que contém elevado teor de partículas finas, pois seu uso é restrito a argamassas de assentamento de alvenarias não estruturais, tipicamente preparadas em obras da região, sem racionalização construtiva. Por outro lado, a produção de agregados reciclados de qualidade controlada, pelas usinas nacionais, é essencial para ampliar as aplicações na construção civil e, ainda, promover um retorno comercial mais atrativo, para investimentos públicos e privados, no setor. Assim, é necessário que as pesquisas acadêmicas também analisem as possibilidades tecnológicas e comerciais, de processos de reciclagem mais aptos a melhorarem a qualidade e a eficiência de produção de agregados reciclados pelas usinas nacionais.||Tal contexto motivou estudos iniciais de produção de areia reciclada lavada, junto à Usina de Socorro/SP, com ensaios de desempenho em argamassas e revestimentos, pela tese de Miranda (2005), baseados em critérios de dosagem do teor total de finos < 75 mm em argamassas, pelos estudos de Selmo (1989); Selmo (1991) e Miranda (2000). Assim, o presente trabalho objetivou colocar em funcionamento contínuo um processo piloto de produção de areia reciclada lavada, dimensionado e ajustado de forma empírica, mas importante para gerar dados operacionais e balizar a sua evolução para um processo industrial. Inicialmente, apresenta-se um panorama sobre a reciclagem de resíduos da construção civil, bem como termos e especificações técnicas pertinentes ao produto visado e, ainda, uma análise sucinta das pesquisas precedentes. Na seqüência, são abordados o processo e os equipamentos para a produção de areia reciclada lavada e as possibilidades e aproveitamento do resíduo gerado (lama). O capítulo principal descreve, na sua primeira parte, os experimentos de bancada e de campo, realizados por este autor, por um período de dez meses, e que viabilizaram ajustar o processo piloto para operação contínua na citada usina. O processo piloto foi caracterizado por medidas de balanço de massa e de tomada de amostras, com a análise do comportamento de algumas variáveis importantes. Ao todo, foram produzidos cerca de 132 m³ de areia reciclada lavada. O teor de finos < 75 µm resultou muito baixo, entre 0,5 % e 1,9 % , para 44 amostras coletadas ao longo de quatro meses. De forma complementar, apresenta-se um diagnóstico orientativo para o dimensionamento do processo via úmida, em escala industrial, tanto por análise de dados da usina, quanto por projeção do mercado de areia local.||Ao final, são listadas recomendações técnicas e de ordem econômica, para a evolução da produção de areia reciclada lavada, prescrevendo-se a elaboração de um plano de negócio, pelo proprietário da usina, com trabalho tecnológico cooperativo, que possa viabilizar a sua implantação industrial, com a ampliação da produção e do mercado consumidor.


Anterior Próximo
    1. . .  44    45    46    47    48    49    50    51    52    53  . . . 157