Teses, Dissertações e Monografias

Acesse a listagem abaixo para conhecer algumas das teses, dissertações e monografias desenvolvidas pelos alunos de pós-graduação do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica.

A consulta também pode ser feita na biblioteca de Engenharia Civil pelos telefones (11) 3091-5204 e 3091-9023, fax (11) 3091-5125 ou pelo e-mail biblioteca.civil@poli.usp.br.

Para saber o horário e o local das próximas qualificações e defesas, acesse o site Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – PPGEC. e do ConstruINOVA - Mestrado Profissional em Inovação na Construção Civil.

Para conhecer as diretrizes de elaboração de teses e dissertações clique no link ou acesse o site da Biblioteca Digital.

Importante: a consulta aos arquivos das teses e dissertações fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:

Este trabalho é para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar o nome da pessoa autora do trabalho.

Buscar teses, dissertações e monografias
  • Otimização de sistema de aquecimento solar de água em edificações residenciais unifamiliares utilizando o programa TRNSYS PDF
    • Aluno: Juliana Benoni Arruda Lima
    • Orientador: Racine Tadeu Araujo Prado
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2003

    Os sistemas de aquecimento solar de água têm sido amplamente utilizados no Brasil para uso doméstico em residências unifamiliares, aproveitando a energia potencial da água do reservatório superior e o fenômeno da termossifonagem para a circulação da água quente. Entretanto, esses sistemas de aquecimento de água normalmente são dimensionados através de tabelas fornecidas pelos fabricantes, que indicam o número de placas em função do tamanho da família e do número de pontos de utilização de água quente. Este dimensionamento é muito mais baseado na intuição e experiência dos fabricantes do que em dados científicos. Por isso, este trabalho desenvolveu um modelo de otimização para projetos de sistemas de aquecimento solar de água, utilizando uma rotina de simulação numérica, a longo prazo, em regime transitório. O dimensionamento otimizado fornece a inclinação e a área da placa coletora que resultam no mínimo custo ao longo da vida útil do equipamento. Este custo engloba gastos com a instalação, manutenção e uso de energia auxiliar. O procedimento computacional foi executado com características específicas do projeto, tais como: condições climáticas locais, perfil de demanda de água quente, orientação da placa coletora e a temperatura desejada para o armazenamento da água quente. Foi estudado um sistema de aquecimento solar da água por termossifão com placas coletoras planas para o clima de São Paulo. Este modelo busca facilitar o dimensionamento dos||sistemas de aquecimento solar de água para os projetistas, nas condições reais de cada projeto

  • Subsídios para a implementação de Parceria Público Privada (PPP) PDF
    • Aluno: Alfredo Mario Savelli
    • Orientador: Eliane Monetti
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2003

    A utilização de mecanismos inteligentes e com suporte legal como a Operação Urbana Consorciada implementando o "Potencial Adicional de Construção", permite à iniciativa privada o desenvolvimento de empreendimentos imobiliários modernos, com usufruto por toda comunidade local, propiciando benefícios nas vias públicas, drenagem, transporte coletivo e habitações de interesse social. As Operações Urbanas podem ser implantadas nas mais diversas regiões, induzindo o progresso já encontrado na região sudoeste da cidade de São Paulo, melhor direcionando os vetores de crescimento, objetivando um melhor equilíbrio urbanístico. A viabilidade econômica de empreendimentos imobiliários incentivados por Operações Urbanas, possibilitando a parceria público-privada com a flexibilização e racionalização no uso e ocupação do solo, constitui-se no objetivo desta dissertação

  • A influência da umidade do substrato no desempenho de revestimentos de piso de edifícios PDF
    • Aluno: Elizabeth Montefusco Lopes
    • Orientador: Mércia Maria Semensato Bottura de Barros
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2003

    Sobre o piso desenvolvem-se todas as atividades a que se destina a edificação. Falhas em sua execução, tais como, empenamentos, placas soltas, bolhas e manchas têm como conseqüências, desde o desconforto pessoal de andar em uma superfície irregular, ao risco de acidentes de trabalho, contaminação de produtos por poeira, desalinhamento de equipamentos ou até mesmo a interferência no processo de produção, podendo provocar a paralisação parcial ou total da atividade produtiva da empresa.Tais problemas, muitas vezes são decorrentes do excesso de umidade do substrato de concreto, quando da aplicação do revestimento, por não ter tido o tempo de secagem adequado, de maneira a atingir o nível de umidade ideal. O excesso de água residual decorrente da umidade do substrato é uma das principais causas geradoras de patologias nos pisos de concreto quando utilizados revestimentos suscetíveis à presença de água. O comportamento da umidade do concreto é resultado de uma complexa ação entre a quantidade de água física e quimicamente ligada, durante a hidratação do cimento e a capacidade de transporte de água do sistema de poros do concreto. Neste contexto, o presente trabalho procura contribuir na sistematização do conhecimento sobre o assunto, descrevendo, inicialmente, o comportamento de bases de concreto frente à ação da água e os fatores que a influenciam: grau de hidratação, condições de equilíbrio e fluxo de umidade. É mostrado como ocorre a secagem do||concreto e a influencia do tempo de cura, relação água/cimento do concreto e condições ambientes sobre o tempo necessário para que a umidade do concreto atinja o nível ideal para o início do revestimento do piso. São descritos os testes utilizados para a medição do nível de umidade do concreto, enfatizando os de caráter quantitativo, baseados na medição do teor de umidade, taxa de emissão de vapor de água e umidade relativa interna do concreto. ) Valores dos níveis ideais de umidade, em conformidade com o tipo de teste aplicado e materiais empregados, estabelecidos por entidades representativas de fabricantes de revestimentos para pisos de concreto, são apresentados como referências. O texto é finalizado com a apresentação das recomendações que visam facilitar a secagem do concreto e aspectos a serem observados quando da realização da medição do nível de umidade

  • Estudo das possibilidades de reciclagem dos resíduos de tratamento de esgoto da Região Metropolitana de São Paulo PDF
    • Aluno: Ailton Dias dos Santos
    • Orientador: Vanderley Moacyr John
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2003

    O objetivo deste trabalho é investigar as opções para gestão dos resíduos de tratamento de esgoto que sejam técnica, ambiental, social e economicamente viável. O processo de tratamento de esgoto gera resíduos sólidos não inertes. Na Região Metropolitana de São Paulo todo o sistema de tratamento de esgoto opera com unidades de desidratação e disposição em aterros sanitários. Entretanto a disposição em aterros sanitários tem dois pontos problemáticos: custos de disposição e a própria existência de aterros próximos. O tratamento de esgoto na Região Metropolitana de São Paulo, hoje gerando cerca de 120 mil ton/ano de lodo, e com uma previsão de 715 mil ton/ano no ano de 2010, sofre pela escassez de aterros sanitários, cada vez mais distantes, implicando em aumento dos custos de transporte. Para um processo de reciclagem se faz mister a utilização de uma metodologia, que minimize os riscos de investimentos em alternativas aparentemente interessantes, e que a posteriori esbarrem em tantas dificuldades. Para tanto este trabalho seguiu a metodologia, a qual sugere etapas de investigação de informações sobre o processo de geração do resíduo, caracterização do resíduo e possibilidades de reciclagem. Para definir a melhor alternativa a ser de fato pesquisada, esta metodologia sugere a realização de entrevistas com pessoas de notório saber em áreas ambientais, sanitárias, produtoras de materiais de construção, etc. As informações obtidas são submetidas a uma análise||hierárquica sobre fatores técnicos, ambientais, sociais e econômicos, tratados num sistema matricial de decisão onde interagem todos esses fatores e seus respectivos graus de importância. Como resultado temos uma listagem em ordem decrescente de tendência a viabilidade para pesquisa de possibilidades de resíduos de tratamento de esgotos

  • Contribuição ao estudo do papel da engenharia nas interações entre o homem, o edifício e o ambiente PDF
    • Aluno: Racine Tadeu Araújo Prado
    • Orientador:
    • Categoria: Livre docência
    • Ano: 2003

    A degradação acelerada do planeta, a partir de meados do século XX, manifestou-se com efeitos diversos e inesperados, sem deixar ilesa uma só de suas partes. O crescimento exponencial da população, com a conseqüente exploração intensa dos recursos naturais, exaure as reservas de combustíveis fósseis, transferindo o carbono para a atmosfera e causando o aquecimento global, entre outros efeitos climáticos. Os solos, por sua vez, são revolvidos e misturados com compostos tóxicos e metais pesados que, carreados pela erosão, somam-se aos esgotos domésticos e industriais e afluem para os mananciais, destruindo a vida, inclusive a humana. Se o homem, com o potencial de sua ciência e tecnologia, foi capaz de levar o planeta a tal estado, deve agora se valer dos mesmos instrumentos não apenas para cessar a destruição irracional, como também para remediar os prejuízos já causados. Nesta situação tão complexa, a participação dos edifícios e seus sistemas no consumo de recursos naturais, para provimento de saúde e conforto humanos, objeto deste trabalho, é muito grande. No entanto, a má qualidade do ambiente interno dos edifícios, construídos com materiais e móveis que emitem gases e abrigam fungos, vírus e bactérias nocivos, causa várias doenças ao homem, fazendo-o viver em estresse permanente e exposto a níveis de ruído acima do aceitável. Embora os dispositivos de controle do fluxo de fenômenos físicos através do envelope dos edifícios, tais como de ruídos, de material particulado||e de radiação solar, entre outros, sejam antigos, a sua interação e eficiência do ponto de vista ambiental só se acentuam como preocupação da engenharia no final do século XX, encontrando-se o homem na infância do seu conhecimento. ) Este trabalho investiga o papel da engenharia tanto na sua contribuição para o uso racional da natureza, como para a intensificação do desenvolvimento tecnológico, procurando para ambos a mesma direção, que leva à sustentabilidade ambiental dos edifícios, na tentativa de assegurar os privilégios do contato com uma natureza saudável para as gerações futuras, de que as anteriores usufruíram


Anterior Próximo
    1. . .  64    65    66    67    68    69    70    71    72    73  . . . 157