Teses, Dissertações e Monografias

Acesse a listagem abaixo para conhecer algumas das teses, dissertações e monografias desenvolvidas pelos alunos de pós-graduação do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica.

A consulta também pode ser feita na biblioteca de Engenharia Civil pelos telefones (11) 3091-5204 e 3091-9023, fax (11) 3091-5125 ou pelo e-mail biblioteca.civil@poli.usp.br.

Para saber o horário e o local das próximas qualificações e defesas, acesse o site Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – PPGEC. e do ConstruINOVA - Mestrado Profissional em Inovação na Construção Civil.

Para conhecer as diretrizes de elaboração de teses e dissertações clique no link ou acesse o site da Biblioteca Digital.

Importante: a consulta aos arquivos das teses e dissertações fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:

Este trabalho é para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar o nome da pessoa autora do trabalho.

Buscar teses, dissertações e monografias
  • A expressão gráfica em cursos de engenharia PDF
    • Aluno: Andréa Benício de Moraes
    • Orientador: Cheng Liang Yee
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2001

    A tecnologia CAD com suas vantagens incomparáveis ao desenho através dos instrumentos tradicionais provocou a necessidade da reestruturação nos currículos das diversas universidades, no que concerne aos conteúdos programáticos e metodologias utilizadas no ensino do Desenho. Este trabalho apresenta um levantamento e uma análise das abordagens de ensino da Expressão Gráfica adotado pelos diversos cursos de engenharia do nosso país e no exterior. Objetiva o mesmo, contribuir para a modernização do ensino do desenho com a integração da computação gráfica e o uso das novas tecnologias na formação de profissionais para um mercado de trabalho cada dia mais exigente e globalizado

  • Descolamentos dos revestimentos cerâmicos de fachada na cidade do Recife PDF
    • Aluno: Angelo Just da Costa e Silva
    • Orientador: Luiz Sergio Franco
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2001

    Normalmente, as edificações situadas em regiões litorâneas apresentam um grande número de patologias, motivadas pela agressividade do meio em que se encontram. Na cidade do Recife, onde se desenvolve a pesquisa, o descolamento em revestimentos cerâmicos de fachada é um dos principais problemas encontrados, sobretudo em face da complexidade envolvida na sua produção e a falta de conhecimento generalizada observada naqueles que se propõem a executá-los. O presente trabalho trata da análise dessa patologia através da apresentação e discussão de 10 casos reais encontrados na cidade. O estudo é precedido por uma caracterização dos aspectos mais importantes relacionados com os seus elementos constituintes, processo deprodução, normalização, tensões envolvidas e mecanismos de ancoragem. Por ser desenvolvido no Recife, o trabalho contempla ainda uma descrição do nível de desenvolvimento tecnológico na região, as práticas usualmente empregadas para a produção desses revestimentos, além de uma análise estimativa da sua utilização. Nessas condições, conclui-se que o descolamento de que se trata pode ser evitado a partir da observância das suas três origens principais: os materiais utilizados, os procedimentos adotados para a produção e os aspectos relacionados com o projeto. A obtenção desse propósito está ligada a um maior conhecimento na região acerca dos aspectos tecnológicos que envolvem essas origens, esforço no qual se insere esse trabalho

  • Despassivação das armaduras de concreto por ação da carbonatação PDF
    • Aluno: Ana Carla Quintas da Cunha
    • Orientador: Paulo Roberto do Lago Helene
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2001

    As estruturas de concreto armado quando sujeitas à corrosão de armaduras por ação da carbonatação têm sua vida útil reduzida, com conseqüências graves na estabilidade global, na segurança, na estética e no crescimento significativo dos custos de manutenção. Foram estudados os efeitos de três tipos de cimento: Portland Comum com Adição CP I-S, Portland de Alto Forno CP III e Portland Pozolânico CP IV, utilizados no concreto com vistas a medir o tempo necessário à despassivação das armaduras inseridas em corpos-de-prova especialmente desenhados e produzidos para serem submetidos a uma exposição acelerada em câmara de carbonatação. Com variáveis dependentes foram escolhidas a corrente de corrosão (Icorr), o potencial de corrosão (Ecorr), e a resistividade elétrica iônica (Pcorr) do concreto superficial de cobrimento das armaduras, por meio de técnicas eletroquímicas tipo resistência de polarização. Com o objetivo de obter subsídios para melhor explicar e justificar os comportamentos observados foram também adotadas variáveis intervenientes, sendo as mais importantes a resistência à compressão, a absorção de água por imersão, a absorção de água por capilaridade e a profundidade de carbonatação. Concluiu-se que os concretos com relações água/cimento variáveis de 0,35, 0,50 e 0,65, e consistências seca, plástica e fluida, confeccionados com o cimento Portland Comum CP I-S apresentaram a melhor resistência à profundidade de carbonatação, o maior tempo para despassivar a||armadura e ainda as menores correntes de corrosão após a despassivação, ou seja, durante o período de propagação da corrosão. Os concretos produzidos com o cimento Portland de Alto-Forno CP III, apesar de apresentarem as maiores resistências à compressão e as menores taxas de absorção de água, foram os primeiros a permitir a despassivação das armaduras assim como deram origem às mais elevadas correntes de corrosão

  • Indicadores de produtividade da mão-de-obra para a moldagem de estruturas de concreto armado e indicadores de qualidade dos produtos moldados PDF
    • Aluno: Sasquia Hizuru Obata
    • Orientador: Ubiraci Espinelli Lemes de Souza
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2000

    Face a um cenário de competitividade elevada e de constantes mudanças nas ações das empresas, o presente trabalho foi desenvolvido tendo como proposta avaliar a possível correspondência entre qualidade dos produtos de concreto armado e a produtividade da mão-de-obra para moldá-los. De forma a embasar tal estudo, primeiramente procurou-se conceituar a qualidade, produtividade e indicadores tendo como foco a atividade de moldagem, bem como levantar as características consideradas relevantes dos produtos moldados, através de consultas a normalizações e citações e questionamentos junto a empresas construtoras. Tendo-se, neste estudo, um grupo de oito empresas com obras em andamento de estruturas de concreto convencionais, e a premissa de se ter agilidade e praticidade de coleta e análise de resultados, procurou-se propor uma rede de indicadores de qualidade dos produtos e a adaptação da metodologia de estudo da produtividade proposta por SOUZA U.E.L. (1996) para a moldagem de pavimentos e peças. A rede de indicadores de qualidade dos produtos é proposta associada a um plano de amostragem e uma metodologia de coleta e análise dos resultados, incluindo as características citadas em normalizações. Constatou-se que as obras estudadas atenderam às tolerâncias das normas em cerca de 75% dos casos. Como busca das prováveis correspondências entre qualidade e produtividade, estudou-se, em primeiro lugar, as relações entre indicadores de qualidade e produtividade||para a moldagem de um pavimento e as relações para a moldagem de vigas mais lajes e pilares. Face às variabilidades encontradas nesta primeira abordagem, procurou-se entender as relações específicas associadas ao uso de diferentes tipos de equipamentos e a diferentes indicadores estruturais. O trabalho demonstrou que é possível moldar-se bons produtos sem prejuízo à produtividade. Masi que isto, reúne um grande número de informações relativas à qualidade dos ) produtos moldados e à produtividade da moldagem. Disponibiliza, ainda, um conjunto de indicadores que podem ser continuamente utilizados para avaliação do serviço de moldagem de estruturas de concreto armado

  • A computação gráfica no processo de ensino e aprendizagem de engenharia PDF
    • Aluno: Dante Alves Medeiros Filho
    • Orientador: Jorge Pimentel Cintra
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 2000

    O presente trabalho busca verificar como os computadores e a computação gráfica podem auxiliar o processo de ensino e aprendizagem de engenharia. Inicialmente, procura-se uma interpretação do referido processo que venha a atender as necessidades, aspirações e potencialidades do momento histórico vivido pelas escolas de engenharia brasileiras. Essa interpretação é subsidiada pela apresentação de algumas abordagens do processo de ensino e aprendizagem, que são consideradas aproximações históricas possíveis e consistentes; algumas teorias amplas relacionadas à instrução, aprendizagem e temas correlatos; uma caracterização da prática atual do processo no Brasil; algumas experiências nacionais e internacionais a respeito do uso de computadores no processo educacional. Realizada a interpretação desse processo, faz-se uma análise de como os computadores podem auxiliá-lo, partindo de seus fundamentos epistemológicos. Procurando complementar a análise com informações mais seguras, o trabalho parte para a busca de evidências empíricas com a realização de experimentos em universidades públicas do estado do Paraná. Realiza um delineamento experimental procurando garantir a validade e fidedignidade no planejamento e procedimentos, bem como, na construção de instrumentos de medida. Com a análise e os resultados experimentais, são apresentadas algumas conclusões a respeito da contribuição dos computadores e da computação gráfica ao processo de ensino e aprendizagem de engenharia


Anterior Próximo
    1. . .  86    87    88    89    90    91    92    93    94    95  . . . 157