Teses, Dissertações e Monografias

Acesse a listagem abaixo para conhecer algumas das teses, dissertações e monografias desenvolvidas pelos alunos de pós-graduação do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica.

A consulta também pode ser feita na biblioteca de Engenharia Civil pelos telefones (11) 3091-5204 e 3091-9023, fax (11) 3091-5125 ou pelo e-mail biblioteca.civil@poli.usp.br.

Para saber o horário e o local das próximas qualificações e defesas, acesse o site Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – PPGEC. e do ConstruINOVA - Mestrado Profissional em Inovação na Construção Civil.

Para conhecer as diretrizes de elaboração de teses e dissertações clique no link ou acesse o site da Biblioteca Digital.

Importante: a consulta aos arquivos das teses e dissertações fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:

Este trabalho é para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar o nome da pessoa autora do trabalho.

Buscar teses, dissertações e monografias
  • Ligação de peças estruturais de madeira PDF
    • Aluno: Carlos Roberto Lisboa
    • Orientador: Joao Cesar Hellmeister
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 1998

    Este trabalho é continuação de pesquisas anteriores desenvolvidas no LaMeM, como por exemplo a intitulada "Ligação de peças estruturais de madeira por parafusos", apresentada em dissertação de mestrado, EESC-USP, em 1991. Os resultados obtidos nestas pesquisas dos parafusos incentivaram o desenvolvimento simultâneo do estudo de oito ligações em peças de madeira estrutural: adesivos, anéis metálicos, parafusos, tubos metálicos galvanizados, tarugos metálicos, cavilhas, pregos e encaixes. Os ensaios de tubos galvanizados são inéditos. O trabalho foi conduzido fazendo-se ampla revisão bibliográfica, e principalmente ensaios comparáveis devido à utilização de madeiras previamente caracterizadas, isto é, tendo determinadas experimentalmente suas propriedades físicas e mecânicas. Com a redação da atual NBR 7190, em 1996, tornou-se obrigatório, nesta pesquisa, iniciada em 1994, fazer referências relativas à redação anterior da NBR 7190 de 1982. Foram desenvolvidos métodos de dimensionamento de ligações não previstos em normas, e foram feitas verificações experimentais da validade destes métodos através de 173 ensaios estruturais e 293 ensaios de caracterização da madeira dos corpos-de-provas. Este procedimento é inédito. Os ensaios estruturais de ligação tracionada são inéditos. No caso da ligação com pinos admitiu-se que estes devem comportar-se de maneira semelhante a uma viga bi-apoiada, com carga concentrada P no meio do vão e com flecha menor ou igual a l/360||para o aço e l/350 para madeira, e módulo de elasticidade a 2.050.000 daN/'cm POT.2' para o aço e 205.000 daN/'cm POT.2' para a madeira. Com estas hipóteses considera-se aplicada a teoria do estado limite de utilização quanto à deformação excessiva e o estado limite último, pois os pinos são considerados rígidos até o limite de proporcionalidade, fase elástica da ligação, antes da ruptura da madeira da ligação. A consideração da rigidez do parafuso é ) inédita. Os oito ábacos para dimensionamento utilizando de oito a dez variáveis e 4 a 5 equações são inéditos. A experimentação, os ábacos e a comparação final demonstram que determinados tipos de ligação são muito deformáveis, e necessitam de observações especiais, como é o caso dos anéis metálicos e cavilhas. Os demais tipos de ligação não apresentaram deformações excessivas dos corpos-de-prova, comportando-se em regime elástico para as cargas de utilização, com deformação plástica dos conectores apenas na fase de ruptura do corpo-de-prova. Esta consideração é inédita. Basicamente a pesquisa experimental inédita evidencia a contribuição deste trabalho para ampliar o conhecimento da ligação de peças estruturais de madeira nos sistemas estudados, configurando uma Tese

  • Proposta de classificação de materiais e componentes construtivos com relação ao comportamento frente ao fogo PDF
    • Aluno: Marcelo Luis Mitidieri
    • Orientador: Eduardo Ioshimoto
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 1998

    O incêndio é um evento indesejável e coloca em risco a vida humana e os bens. Para se obter um nível de segurança contra incêndio aceitável é necessário conhecer os seus objetivos e saber as formas de se atuar na prevenção e proteção, desde o projeto até a construção de um edifício e, também, durante o seu uso. A reação ao fogo dos materiais utilizados como revestimento/acabamento de tetos e paredes e dos incorporados aos sistemas construtivos destaca-se como um dos principais fatores responsáveis pelo crescimento e propagação das chamas e pelo desenvolvimento de fumaça e gases tóxicos, contribuindo para que o incêndio atinja fases críticas e gere pânico e mortes. O estado da arte da reação ao fogo é pautado através da análise de regulamentações nacionais e internacionais, com o objetivo de se obter subsídios para a proposição de uma classificação dos materiais utilizados como acabamento/revestimento e dos incorporados aos sistemas construtivos. A classificação desses materiais visa avaliar o seu comportamento antes da fase de inflamação generalizada, podendo-se, deste modo, controlar os riscos de crescimento e propagação do fogo no ambiente de origem. Conseqüentemente, a fuga dos ocupantes e as operações de combate e resgate são acentuadamente favorecidas, ainda na primeira fase do incêndio

  • Derivação de fundos para investimento em empreendimentos de infra-estrutura no Brasil PDF
    • Aluno: Claudio Tavares de Alencar
    • Orientador: João da Rocha Lima Júnior
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 1998

    A derivação de recursos administrados por entidades de previdência privada para investimento nos segmentos de geração independente de energia elétrica e de concessões para exploração de rodovias depende, primeiro, da adequação da capacidade de investimento das entidades às necessidades de investimento nos segmentos; segundo, dos indicadores da qualidade econômica associada a empreendimentos nesses segmentos, relativamente aos dos ativos presentes nas carteiras de investimento das entidades. Esta tese demonstra que as entidades de previdência privada atualmente em atuação no Brasil têm capacidade financeira para cobrir parte da demanda por investimentos nos setores de geração de energia e transporte rodoviário e que é possível desenvolver empreendimentos, por meio do sistema de securitização, com padrões de qualidade econômica compatíveis com o portfólio dos fundos de pensão. A tese foi desenvolvida, no que diz respeito ao cotejo da capacidade de investimento dos fundos com os investimentos exigidos nos segmentos, com base nas projeções de incremento dos recursos administrados pelos fundos de pensão da Associação Brasileira de Previdência Privada (Abrapp) e, observando os programas setoriais do Governo Federal. A análise dos indicadores da qualidade econômica exigiu a estruturação de dois protótipos para securitização: um de concessão para exploração de rodovia, e outro, para geração independente de energia hidrelétrica. A simulação desses protótipos mostrou||que os títulos lastreados em concessões dessas tipologias têm qualidade econômica suficiente para inserção nas carteiras administradas pelos fundos de previdência privada no Brasil

  • Análise dos impactos da implementação de sistemas de gestão da qualidade nos processos de produção de pequenas e médias empresas de construção de edifícios PDF
    • Aluno: Palmyra Farinazzo Reis
    • Orientador: Silvio Burrattino Melhado
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 1998

    O principal objetivo do trabalho é analisar as alterações nos processos de produção de pequenas e médias empresas de construção de edifícios, a partir da implementação dos Sistemas de Gestão da Qualidade. Para isso, estuda-se como os conceitos da qualidade são aplicados na construção de edifícios e como os diversos agentes participantes do processo de produção das empresas do subsetor contribuem para a obtenção da Qualidade Total de seus produtos e processos. Com o auxílio de uma metodologia de estudos de caso, identificam-se as mudanças no processo de produção de edifícios ocorridas em quinze empresas construtoras de pequeno e médio porte, verifica-se o quão importante estão sendo os Sistemas de Gestão da Qualidade para a alteração de conceitos e paradigmas no subsetor, e observa-se quais são os fatores que podem dificultar a implementação de tais sistemas na construção de edifícios

  • Sistemas de gestão da qualidade em empresas de projeto PDF
    • Aluno: Josaphat Lopes Baía
    • Orientador: Silvio Burrattino Melhado
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 1998

    A elaboração do projeto de arquitetura constitui-se em uma das primeiras atividades do processo de projeto de edifícios. Dessa forma esse projeto tem um papel fundamental na obtenção da qualidade, pois é naquela etapa que são definidos os conceitos de organização do espaço, bem como a tecnologia e ser adotada na fase de execução. Contudo, pode-se constatar algumas falhas em seu processo de elaboração, tais como: trabalho não sistematizado e descoordenado com os demais projetistas envolvidos no processo; carência de informações com relação à produção do edifício; falta de padronização dos desenhos; falta de procedimentos de controle; e falhas na troca de informações com os outros participantes. A reorganização de uma empresa de projeto, com base em princípios e procedimentos que compõem um sistema de gestão da qualidade, pode ajudar a melhorar o desempenho desse processo. Diante desse quadro, este trabalho tem como proposta estudar a implantação de sistemas de gestão da qualidade em empresas de arquitetura, e diagnosticar o atual estágio de evolução desses sistemas em algumas empresas atuantes em São Paulo


Anterior Próximo